Asas – 1929 (Wings)

Asas – 1929 (Wings)

Asas é considerado o primeiro filme a ganhar o Oscar na categoria de melhor filme. Porém, existe aqui uma controvérsia. Algumas fontes apontam “Aurora” (Sunrise – a song for two humans) de F.W. Murnau como sendo o primeiro filme a ganhar a conquistar o prêmio. Consideramos aqui o que o site oficial do Oscar nos aponta.

O filme é ambientalizado no período da Primeira Grande Guerra, que ocorreu entre os anos de 1914 e 1918. Mesmo passado dez anos, o mundo ainda sofria sob os impactos negativos deste evento. O filme é centrado em quatro personagens: Jack, David, Mary e Sylvia.

Jack e David são rivais em uma mesma pequena cidade dos Estados Unidos por estarem enamorados de uma mesma mulher chamada Sylvia. Jack “falha” ao não perceber que a garota vizinha, Mary Preston, está desesperadamente apaixonada por ele. Os dois jovens homens se alistam  para serem pilotos e são enviados à França para combater as forças alemãs, onde se tornam bons amigos. Lá realizam grandes façanhas em acrobacias aéreas, desmantelando as forças inimigas.

Aqui o filme nos oferece um forte enredo entrelaçado entre seus personagens centrais. Jack, erroneamente, acredita que Sylvia prefere a ele. Ela possui um coração muito puro e tem medo em desiludilo, mas escreve uma carta a David deixando bem claro que ela o ama, e não a Jack. Enquanto isso, Mary se alista nas forças armadas como motorista de ambulância. Certa noite, em Paris, Mary fica sabendo que Jack está de passagem na cidade, e o encontra em uma boate bebendo, completamente fora de si (vendo bolhas por tudo que é lado).

Jack e David são novamente chamados para uma última batalha contra as forças alemãs. Quando David é capturado pelos inimigos, este é dado como morto. Em um momento de rancor, Jack realiza um ataque furioso, enquanto David rouba um dos aviões alemães para realizar uma fuga. Em um golpe de infortúnio do destino, Jack abate o avião que David está pilotando. Mais tarde, quando Jack aterriza, descobre o que havia cometido.

A direção fica a cargo de William Wellman (1896 – 1975) que, na chamada “época de ouro” de Hollywood, dirigiu uma lista de grandes e bons filmes, entre dos quais incluem “Nasce uma estrela”, “Consciências mortas” e “Um fio de esperança”. Retratou sua experiências de guerra em “Asas”, “Conquistadores do ar” e “Lutando pela glória”.

Asas abriu várias portas para os atuais filmes de guerra. Sua fórmula de “amor nos tempos de guerra” foi constantemente repetida em filmes mais recentes como Pear Harbor e Capitão Coreli. Apesar de ser um filme antigo, seus efeitos especiais ainda continuam surpreendentes. As batalhas aéreas são ainda tidas como referência para as grandes produções. “Asas” não glorifica a guerra, mas exalta seus heróis, como descreve no início do filme: “a esses jovens guerreiros do ar, cujas asas estão desdobradas sobre eles para sempre, este filme é dedicado a eles”.

Ficha técnica

Diretor: William A. Wellman
Gênero: Guerra, Drama
Atores/Atrizes: Clara Bow, Charles ‘Buddy’ Rogers, Richard Arlen,Jobyna Ralston

Produtora:Paramount Pictures

Data de lançamento: 5 de janeiro de 1929
Prêmios: Ganhador de dois Oscar (melhor filme e efeitos especiais)/ New York film festival / National Film Preservation Board /Newport Beach Film Festival

Anúncios

2 comentários sobre “Asas – 1929 (Wings)

  1. Obá Alexandre,

    Segue uma contribuição sobre o impasse primeiro filme a ganhra o Oscar:
    Ambos os filmes Wings e Aurora foram vencedores do Oscar neste ano de 1929, acontece que Wings ganhou o Oscar na categoria Melhor Filme e Aurora gonhou na categoria Melhor Filme (Produção de qualidade artística).
    O que acontece é que por ser o primeiro ano, eles ainda não tinham as normas definidas, e as premiações as vezes se repitiam.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Oscar_1929

    É isso…

    Vanessa

    1. Olá Vanessa!

      Gostaria de agradecer muito pela sua valiosa contribuição! Realmente, as regras daquele período não eram ainda muito claras, e por isso ainda até hoje existe uma certa confusão nas discussões referentes a este assunto. Algumas fontes inclusive afirmam que “Asas” ganhou o oscar em 1928 e “Aurora” em 1929. Escolhi em dar destaque a “Asas” de acordo com as referências do site da Acamdemia.

      Mais ma vez agradeço sua contribuição, e sinta-se livre a qualquer momento em postar novos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s